quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Qual é a cor ? Poesia do Mês


- Qual é a cor?

Quando eu era pequeno, eu não sabia.

Eu não sabia, eu não sabia, não.

Não entedia a cor, qual o valor,

O porquê brigar e o porquê amor.

Minha mãe me chamava de mestiço, 

A professora já dizia moreno,

A vizinha falava mulato,

E o meu Pai achava tudo engraçado.

E minha Avó já dizia

Negro. 

Então que cor que eu sou?

Negro.

E o tambor chamou

Negro.

E com muito amor

Negro.

E o som é

Negro.

Então sinta a condição:

Sou negro, sou raça, sou cor 

Com a benção dos Orixás que nos abençoou

Sou negritinho, negralha, bamba, malungo

Eu vim da Serra da Barriga e trago muito amor

Minha cultura é milenar e atravessa o tempo

Arrebentando as correntes, voando com o vento

Candomblé, quizumba, macumba, fortalecimento

Agradeço todo dia poder para o povo preto



Sou negro como Fela Kuti, Jomo Kenyatta, Múmia Abu-Jamal,

João Cândido, Anastácia,

Ganga Zumba, Zumbi, Áfrika Bambaataa,

Mestre Irineu, Chico Rei, Elisbão, Dandara,

Solano Trindade, Mestre Assis, Aurino Bonfim,

Mestre Bolinha, Conde, Cuti, Bimba, Luíza Mahin,

Mandela, Mãe Menininha e o grande Tim,

Acan, Polano, Cruz e Souza, Martin Luther King,

Sou negro até o fim.

Então que cor que eu sou? 

Negro.

E com muito amor

Negro.

E o tambor chamou

Negro.

E o som é

Negro.

Movimento Black Power, Rap, Samba, Funk, Soul

Grafite, Break, MC, DJ, conhecimento.

Panteras Negras, Pixinguinha, Jackson

HipHop, Cultura de Rua é movimento.

Mandigueiro, Guerreiro, Quilombola, Nagô.

Resistência, povo lindo, batuque Banto,

A Justiça Xangô contada pelos Griôs,

Caifazes, Bronx, Harlem, Kingston,

Cartola, Castro Alves, Clementina de Jesus,

Jovelina Pérola Negra, Zé Ketti, Macus,

Spike Lee, Geraldo Filme, Lia de Itamaracá, Zulu,

Rosa Parks, Garrincha, Bispo Tutu,



Grande Otelo, Mussun, Benê, Chica da Silva

Kool Herc, Bob Marley, Mercedes Batista

Margareth Menezes, Ruth de Souza, Nação Cambinda

E Brindamos a vida.

Então que cor que eu sou? 

Negro.

E com muito amor

Negro.

E o tambor chamou

Negro.

E o som é

Negro

Nenhum comentário:

Postar um comentário